Confidencial
Subscrever Newsletter

 

Remédios que não precisam de receita perdem comparticipação do Estado | Jornal Digital
Economia

Utentes vão passar a pagar mais 37% por alguns dos remédios mais vendidos

Remédios que não precisam de receita perdem comparticipação do Estado

2011-01-05 10:10:40

Lisboa - Fármacos como o paracetamol, antiácidos ou antivirais para combater a gripe, que podem ser comprados nas farmácias sem receita médica, vão perder a comparticipação do Estado até Março deste ano.

A medida, já publicada em Diário da República, vem retirar a comparticipação do Estado aos medicamentos não sujeitos a receita médica. Esta medida integra-se no vasto plano de medidas contenção da despesa do Serviço Nacional da Saúde.

De acordo com dados do Infarmed, de um universo de 1.900 remédios que podem ser comprados sem receita médica, actualmente apenas 24 têm comparticipação e até Março passarão a ser descomparticipados.

Na lista dos remédios a descomparticipar figuram sete apresentações (cápsulas, supositórios, comprimidos) de paracetamol, substância usada para tratar constipações e estados febris, de anti-ácidos e de medicamentos antivirais para combater a gripe.

Assim os utentes vão passar a pagar estes remédios 37% mais caros, esta medida integra-se no vasto plano de medidas contenção da despesa do Serviço Nacional da Saúde.

(c) PNN Portuguese News Network

Partilhar
MAIS ARTIGOS...
  FMI está em Lisboa para avaliação anual da economia portuguesa
  ADSE fechou 2014 com saldo positivo de 201 milhões
  IRS: Deco cria aplicação que ajuda a preencher declaração e poupar
  Isabel dos Santos quer fusão entre BPI e BCP
  Nova lei do arrendamento apoiado já entrou em vigor
  Bruxelas avisa que preço da electricidade poderá subir mais do 3,3% em Portugal
  Portugal está na lista de Bruxelas de países com «desequilíbrios excessivos»
  Nova nota de 20 euros entra em circulação a 25 de Novembro
  Remessas de emigrantes portugueses em Angola caem 51,5%
  Custos afastam Portugal da Expo2015 em Milão
  Sindicatos: Greve dos funcionários das escolas com adesão de 80 por cento
  Juncker: «Troika pecou contra a dignidade de portugueses, gregos e irlandeses»

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


MultimÉdia
   
Madeira: 9 partidos e 3 coligações entregaram listas
   
Quase 70 jornalistas perderam a vida em 2014
   
Colunista do «The New York Times» faleceu na redacção do jornal
Cartoon
Jornal Digital | Notícias em Tempo Real | Desde 1998
Hospedagem de Sites Low Cost Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais